Economia

Nubank fecha parcerias com empresas para ajudar clientes com dívidas pelo Covid-19

O atendimento está disponível 24 horas do dia

O Nubank irá ajudar seus clientes no enfrentamento à pandemia ao Covid-19. Através da venda de marketing da empresa e de outros ganhos de eficiência, o banco digital criou um fundo de R$ 20 milhões para prestar diversos tipos de assistência. Parcerias com o Hospital Sírio-Libanês, os aplicativos de atendimento psicológico Zenklub, de produtos de pet Zee.Now e empresas de entrega IFood e Rappi foram firmadas.

De acordo com a empresa, o apoio prestado para os clientes dependerá de cada necessidade individual, taxas de juros reduzidas e prorrogação de pagamentos podem ser alternativas para ajudar os consumidores. “A gente entende que este é um momento delicado para todos – e, por isso, vamos tentar ajudar o maior número possível de pessoas, dentro da nossa capacidade.”

Para os clientes que estão passando por dificuldades, eles poderão receber créditos para os aplicativos de entrega de comida, Ifood e Rappi, com o valor da compra e entrega pagos pela fintech, como também auxílio para pedir as refeições, em dificuldades no manuseio das ferramentas.

Com o Sírio-Libanês, o Nubank conseguiu mil consultas sem custo, serão disponibilizados vouches (códigos) para o agendamento de (teleorientação) em vídeo com um médico, na plataforma do hospital, serviço de atendimento já prestado pela instituição. Dá mesma forma será feito na Zenklub, plataforma que reúne terapeutas, psicólogos, psicanalistas e outros especialistas. Dependendo de cada situação, códigos serão disponibilizados para os solicitantes e as consultas poderão ser marcadas ao escolher o profissional e horário disponível.

Já para o delivery de produtos de petshop, Zee.Now, serão distribuídos cupons de até R$100 para clientes de São Paulo e Rio de Janeiro, cidades onde a empresa funciona.

 

Deixe uma resposta

Compartilhe

VEJA OUTRAS NOTÍCIAS