Economia

Voos domésticos ficam 8% mais caros em 2019

As passagens para voos domésticos ficaram em média 8% mais caras no ano passado. O dado foi publicado pelo G1 e tem como fonte a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

O período de maiores altas foi de abril, quando a Avianca deixou o mercado, a junho, mês de maior avanço nos preços (34,6%). Já no final do ano, houve recuo nos preços, de 7,4% em novembro e de 5,7% em dezembro.

Em entrevista ao G1 o Secretário de Aviação Civil (SAC), Ronei Glanzmann, atribuiu o avanço nos preços à crise no setor provocada pelo fim das atividades da Avianca.

Deixe uma resposta

Compartilhe

VEJA OUTRAS NOTÍCIAS