Panorama

Às vésperas da final da Copa do Nordeste, Samuel Xavier minimiza ‘fator casa’ na decisão

Duelo vai acontecer sem torcida em dois jogos nos próximos cinco dias

Foto: Stephan Eilert/cearasc.com

Aflaudísio Dantas
aflaudisio@ootimista.com.br

 

O Ceará começa neste sábado (1º), às 16h, a decidir a Copa do Nordeste 2020 contra o Bahia, jogando na casa do adversário. Serão dois duelos no estádio Pituaçu, em Salvador. Por conta da pandemia do novo coronavírus, todos os jogos da fase final da competição ocorrem na capital baiana sem presença de torcedores. O jogo de volta, também em Pituaçu, será realizado na próxima terça-feira (4), às 21h30.

Mas no Ceará há quem não dê importância demais ao ‘fator casa’ na final do campeonato. Para o lateral direito Samuel Xavier, sem torcida, a diferença no mando de campo não é grande o suficiente para decidir o duelo. “Isso vai igualar muito, o clube jogar dentro de casa não vai ter tanta diferença assim, a torcida é que faz diferença que canta o tempo todo, nos incentiva, nos colocando pra cima”, afirma.

Os dois clubes, por sinal, vão reeditar a final do torneio realizado em 2015. Na ocasião, o Vovô foi campeão de forma invicta, feito que pode repetir em 2020. Samuel Xavier é um dos remanescentes daquela disputa. “Um clube como o ceará tem que tá disputando as finais e agora chegou a nossa vez depois de cinco anos. É diferente de como foi em 2015 onde o primeiro jogo foi em salvador e o segundo no ceará, e agora praticamente vamos disputar os dois jogos na casa do adversário”, avalia. Os outros atletas do elenco que disputaram aquela final são os meias Ricardinho e Wescley.

Adversário com problemas

O tricolor baiano não poderá com Gilberto, o artilheiro do time na temporada com sete gols. O atleta estava fora desde a partida contra o Náutico, quando se machucou com um estiramento colateral medial do joelho esquerdo. Um exame de ressonância magnética enterrou qualquer esperança do jogador ser aproveitado no duelo. Para o lugar dele o centro avante Fernandão deve ser mantido.

Já o atacante Rossi que estava no departamento médico conseguiu treinar e deve ser relacionado para o duelo. Ele tinha um problema muscular que o deixou fora de várias partidas após a retomada das competições em meio à pandemia do novo coronavírus.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe

VEJA OUTRAS NOTÍCIAS