Política

Estado e militares chegam a acordo e reajuste vai à votação na próxima semana

Edna Pontes
ednapontes@ootimista.com.br

Depois de uma longa negociação, militares e Governo do Estado chegaram a um acordo sobre o reajuste salarial da categoria. O governo aumentou em 50% os recursos que estavam destinados ao aumento dos policiais militares e do Corpo de Bombeiros. O texto vai à votação na Assembleia Legislativa na próxima semana.

“Essa valorização vai significar um impacto a mais de aproximadamente R$ 149 milhões, um total de R$ 495 milhões. Saímos de uma proposta inicial de R$ 338, para R$ 495. Os 195 milhões vão vir de uma parte que compunha de um programa destinado aos militares dentro de um programa de metas e hora extra e outras gratificações que vão passar a ser incorporadas ao salário”, explicou.

O deputado federal Capitão Wagner (Pros-CE), que participou das negociações, destaca que houve uma grande articulação que uniu a categoria e os avanços são indiscutíveis. Ele apontou a participação de vários deputados, tanto da situação como da oposição, em favor dos policiais. Ele reforçou as palavras do deputado Soldado​ Noélio, sobre a defasagem salarial dos soldados, mas reconheceu um avanço o fato de o salário ter um acréscimo de R$ 1.050,000. “O Governo inicialmente queria deixar as parcelas para o final da sua gestão, mas os representantes das associações não abriram mão e o governo cedeu e foi flexível, nesse sentido”​, disse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe

VEJA OUTRAS NOTÍCIAS