Política

Membros do Planalto admitem que nomes de pacientes com Covid-19 negados à Justiça podem ser de Bolsonaro e Michele

Redação O Otimista
ootimista@ootimista.com.br

Servidores do Planalto admitem que os nomes dos dois pacientes positivos para Covid-19 negados pelo Hospital das Forças Armadas à Justiça podem ser do presidente Jair Bolsonaro e da primeira-dama Michele Bolsonaro. A informação é do Blog do Vicente, do Correio Braziliense.

O Hospital negou os dois nomes à Secretaria de Saúde do Saúde do Distrito Federal, contrariando a determinação judicial e alegando a intenção de “evitar a exposição dos pacientes e em virtude do direito constitucional de proteção à intimidade, vida privada, honra e imagem do cidadão”. Das total de 17 pessoas confirmadas com a Covid-19, somente 15 tiveram os nomes revelados à Justiça.

 

Deixe uma resposta

Compartilhe

VEJA OUTRAS NOTÍCIAS